Os especialistas na gestão de processos de desenvolvimento imobiliário.

  • Sabemos que há muitos intervenientes no desenvolvimento imobiliário, mas o que permite que o processo seja controlado e optimizado é a gestão de todo o processo. Como em qualquer negócio, são a coordenação e a qualidade da gestão do conjunto que definem o resultado.

 

  • Cada um dos intervenientes tenta, legitimamente, maximizar a sua receita, mas só o dono do ativo é que pode impor uma lógica de conjunto. Muitas vezes, o dono do ativo não é especialista em desenvolvimento imobiliário. Nós somos. E trazemos uma visão de conjunto essencial para que o processo não perca coerência nem rentabilidade.

 

  • Sabemos exigir o que cada interveniente tem para dar ao processo, mas sabemos, também, dar a cada interveniente o que ele precisa para que a sua contribuição seja rentável: uma visão integrada do processo.

 

  • Gostamos de gerir o processo. Entramos quando ninguém quer entrar, identificando não só o potencial que cada ativo imobiliário tem mas, sobretudo, como é que na situação concreta de cada caso esse valor pode ser alcançado. E respondemos pelo desenvolvimento do processo.

 

  • As regras da gestão são as mais exigentes: é o dono do ativo que decide sempre o que fazer, em cada momento crítico, sem nunca perder o controlo do processo. Nós pesquisamos, selecionamos, analisamos e recomendamos a resposta adequada a cada situação. E assumimos que a nossa responsabilidade é operacional, não de capital.

 

  • Acordamos sempre num programa de ação com objetivos e recursos claramente definidos, que é analisado trimestralmente. Produzimos um relatório de gestão e discutimos a evolução do projeto com o seu proprietário.

 

  • Trabalhamos sempre com transparência para com o dono do ativo. E com a confidencialidade que estes assuntos exigem. Mas estamos preparados para uma exposição pública cada vez maior e para uma exigência cada vez mais clara de um mercado maduro como o nosso. A responsabilidade é mais um dos nossos valores. E assumir essa responsabilidade perante a coletividade, uma das nossas obrigações.

 

 

 

As 3 etapas do processo:

Identificamos três fases do processo de desenvolvimento imobiliário, com base nas melhores práticas internacionais do setor: Conceito, Desenvolvimento e Gestão. Somos contratados para fazer algumas dessas fases ou para as fazer a todas. À medida.

 

O conceito para um edifício é a ideia base do programa do seu desenvolvimento imobiliário. Para o definir é preciso saber ler o mercado, os seus agentes, as oportunidades , bem como entender as características, potencialidades e limitações de cada edifício. Desenvolvemos essas capacidades ao longo de muitos casos de inovação com resultados comprovados.

O desenvolvimento é o processo de materialização do novo conceito que vai permitir que o edifício atinja o seu potencial de valorização máximo ao longo do tempo com a utilização mínima de recursos. A experiência, o conhecimento dos tempos da transformação imobiliária e uma visão integradora de todas as participações indispensáveis a um bom resultado são a chave deste tipo de operação.

A gestão ativa dos edifícios é a atividade de procura sistemática do melhor valor de uso, percebendo a posição relativa que ocupam no seu território concorrencial e preparando as mudanças necessárias para que no mínimo mantenha a sua posição competitiva. A capacidade de prever a evolução do seu contexto urbano e de antecipar as principais mudanças é essencial para essa gestão.

 

 

 

 © Capital Urbano 2015 - Reservados todos os direitos

  • Wix Facebook page
  • LinkedIn Social Icon
  • Wix Google+ page
Passeio dos Clérigos - antes